REFIS NEGOCIA 864 PARCELAMENTOS NO PRIMEIRO MÊS E ARRECADA R$ 2,1 MILHÕES

Com uma crescente procura e consulta de contribuintes, o Programa de Recuperação Fiscal (Refis) registra, no final do primeiro mês de vigência, a negociação de 864 parcelamentos. O programa termina no início de outubro e gerou uma arrecadação de R$ 2 milhões e 123 mil, com um valor renegociado um total de R$ 4,7 milhões, o que representa 47% da meta programada pela Secretaria da Fazenda e Planejamento.

Para o secretário da Fazenda e Planejamento, Paulo César Fontes Mattos, o objetivo do Refis é arrecadar R$ 10 milhões até outubro, através  do parcelamento de dívidas com o IPTU, ISS e outros tributos vencidos até 2016, um projeto aprovado pela Câmara que beneficia a milhares de contribuintes em débito com o município.

Já o diretor da Divisão de Tributos, Emerson Carvalho, informa que a adesão dos contribuintes vem aumentando nos últimos dias e a previsão é de que até o início de setembro atinja 50% da meta estabelecida. O Refis permite o parcelamento de dívidas em até 60 meses com redução escalonada de multas e juros em função dos prazos para pagamento.

Vale salientar que embora a prefeitura esteja oportunizando as facilidades de pagamento das dívidas em atraso até 31 de dezembro de 2016 para contribuintes, os devedores do fisco que não fizerem o parcelamento através da adesão ao Refis poderão ter suas dívidas encaminhadas para cobrança judicial e protesto.

A campanha do Refis está sendo ampliada agora, com a utilização de busdoors - uma interessante ferramenta de mídia, normalmente composta pela aplicação de um adesivo no vidro traseiro de um ônibus – e o apoio de carros de som, com spots produzidos pela Divisão de Comunicação do Governo Municipal.  

Nenhum comentário: