ORGANIZAÇÃO E PLANEJAMENTO GARANTIRAM SEGURANÇA NO FORRÓ DO POVO EM ITABUNA

“Uma festa ordeira e pacífica como era esperado pelo prefeito Fernando Gomes”. Foi com esta frase que o comando da Guarda Civil Municipal (GCM) resumiu o Forró do Povo – São Pedro, em Itabuna, realizado no período de 29 /06 a 1º/07 na Praça Rio Cachoeira. De acordo com o inspetor do Núcleo Operacional da GCM, Inácio Pereira Nascimento, foram disponibilizados 70 guardas municipais por noite, distribuídos entre comando, inspetores e grupamento, que atuaram em parceria com a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. 

Segundo relatório, foram registradas apenas três ocorrências, nos três dias do evento, por desordem, “o que demonstra que a festa realmente transcorreu num clima de muita alegria e paz”, reforçou o inspetor, adiantando que a GCM vem se capacitando regularmente para continuar prestando serviços de forma técnica e humanizada para a população. 

A Polícia Militar também confirma a tranquilidade e segurança durante os três dias de festa.  Segundo o comando, foram disponibilizados 90 policiais por dia com o suporte de 15 viaturas do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), Cipe Cacaueira, Caerc e Rodesp Sul. A cavalaria da PM também circulou em toda a extensão da festa e registrou apenas duas conduções de pessoas com excesso de álcool, sem necessidade de condução para o Complexo Policial.  

“Foi uma festa tranquila, resultado de um planejamento eficiente por parte da organização, o que resultou num grande sucesso de público e de segurança”, destacou o coordenador do Setor de Planejamento do 15º. Batalhão de Polícia Militar, Capitão PM Penalva. 

Ele disse ainda que o sucesso se deve inclusive pelo apoio da Guarda Civil Municipal que colaborou com a segurança e esteve presente em diversos locais, inclusive nos acessos à festa, onde cada pessoa passou por detectores de metais.  Capitão PM Penalva informou que após o encerramento da festa os policias continuaram o trabalho, acompanhando grupos de pessoas que seguiam para suas casas, no final da festa, evitando ações de vandalismo e de assaltos, garantindo com isso a segurança integral da população.

Ronda preventiva
A ação da PM foi iniciada uma hora antes da festa com ronda em vários bairros e centro da cidade, só terminando com a última pessoa a sair da avenida.  No local da festa foram instalados dois pontos de abordagem para observação do movimento com cinco policiais, número que poderia ser aumentado se houvesse necessidade, conformou lembrou o comando da PM. 

Presente nos três dias de Forró, o Corpo de Bombeiros teve participação decisiva na segurança da população. A corporação foi responsável, inicialmente, pela vistoria dos palcos, camarotes e nas instalações elétricas e das barracas. Durante a festa uma equipe com bombeiros também atendeu poucas pessoas alcoolizadas, realizando os primeiros socorros no próprio local, sem registro de encaminhamento ao hospital.

Já o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), atendeu 54 casos, num universos de cerca de 40 mil pessoas que passaram pelo local da festa, segundo a organização do evento. A enfermeira Rafaela Caldas, que coordenou uma equipe de 11 profissionais entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e pessoal de apoio, informou que do total de atendimentos nos três dias, 51 foram vítimas de alcoolismo e atendidas no posto avançado, instalado no prédio da Câmara. 

Outras três pessoas sofreram trauma por queda, sendo que duas delas foram encaminhadas ao Hospital de Base.“Sem dúvida foi uma festa tranquila em termos de atendimento médico de urgência, o que é incomum quando se trata de grandes aglomerações, como o Forró do Povo, que lotou todos os espaços nos três dias do evento”, finalizou a enfermeira.“Sem dúvida foi uma festa tranquila em termos de atendimento médico de urgência, o que é incomum quando se trata de grandes aglomerações, como o Forró do Povo, que lotou todos os espaços nos três dias do evento”, finalizou a enfermeira.
    

Nenhum comentário: