INSTITUTO PARANÁ

A pesquisa do Instituto Paraná divulgada nesta quarta-feira (7) pautou as discussões políticas do dia. Embora o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) apareça como vitorioso ainda no primeiro turno, o consenso aponta para a prudência diante da prematuridade do ‘recorte do momento’.

Na Bahia, até pesquisa boca de urna é questionada. Os equívocos em levantamentos anteriores são inúmeros e não há de se perder tanto tempo com análise de dados em junho de 2017. Quem está na frente, comemora e tira proveito nas diversas frentes de comunicação, e quem está atrás contesta e também aproveita para ironizar os adversários devido aos erros do passado.

No tabuleiro político eleitoral do estado, o fato discutido com seriedade é a presença ou não do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no pleito do próximo ano. A engenharia toda muda de acordo com este ingrediente. Com Lula, Rui terá mais facilidade de manter a base unida. Sem a estrela, Neto, que tem duas vagas abertas na majoritária, pode atrair algum reforço de peso. É o que dizem os bastidores.

Nenhum comentário: