GUERRA DOS PODERES

Hoje as causas que motivam a maioria das pessoas serem gananciosas, são cargos dentro dos setores públicos. E isso se torna uma guerra de poderes, um querendo puxar o tapete do outro. Vale dizer: há uma luta explícita motivada por questões financeiras, gananciosas e políticas. 

Como se sabe, a disputa pelo espaço ocupado por outra pessoa, alcançou níveis alarmantes de escândalo e vergonha. Fofocas, leva e traz, fuxico e muita inveja. A briga é contra os próprios colegas de trabalho quando deveriam se unir e fazer o melhor, um ajudando o outro. Esta guerra pelo poder, muitas vezes atrasa o desenvolvimento dos trabalhos e chega a alimentar a oposição, que está de prontidão esperando o furo de reportagem.

O inimigo que eles tem que confrontar, não são os próprios colegas, e, sim aqueles que torcem que tudo dê errado. Pois este tipo de disputa não condiz com o servidor público. O que estas pedras de tropeço deveriam estar disputando – ainda que seja apenas em um cargo de expressão – é procurar fazer sua parte e esperar ser reconhecido pelo seu líder maior. Hoje o discurso mudou: tornou-se uma questão de honra tentar derrubar os colegas de trabalho para ocupar o lugar do mesmo, as guerras para ganhar espaço e conquistar território vão muito mais além das ganancias, já não interessa mais, se o outro está cumprindo sua missão direitinho ou fazendo sua parte. As estratégias para ganhar a batalha pelo lugar do outro vale de tudo até mesmo esparramar boatos mentirosos através de redes sociais.

Infelizmente a disputa pelo poder e cargos dentro das repartições públicas saiu das quatro paredes e chegou a até as redes sociais.  A guerra pelo poder dentro das repartições virou uma questão pessoal. Onde os cargos são disputados a qualquer preço. Não importa quem seja mas querem o lugar do colega a todo custo. Sendo assim, todos tem o direito e o dever de opinar a respeito, pois deixou de ser um caso convencional, tornando-se de esfera pública.

Não quero aqui julgar esse ou aquele caso pois são muitos. O fato é que está se tornando comum os invejosos de plantão tentarem criar uma guerra dos poderes, e, muitos incentivam essas atitudes e ainda dizem que, ao fazer isso estão lutando pelo o espaço para que haja justiça. Tem os que amam seu trabalho, por isso lamentamos que isso esteja acontecendo. Tomara que os prejudicados tenham sabedoria para que possam resolver os impasses dentro das quatro paredes, pois esse assunto não é bom que saia para fora, porque vai escandalizar e municiar o inimigo. Estaremos seguindo o velho ditado: manda quem pode e obedece quem tem juízo. 

Nenhum comentário: