PROMOTOR DEU UMA BOLA FORA

Ser promotor de justiça é ocupar uma posição nobre e única na sociedade e gozar da oportunidade de fazer uma diferença nela. Trabalhando no Ministério Público, o profissional atua em defesa dos direitos difusos, coletivos e individuais homogêneos em várias esferas sociais.

É facílimo entender. Segundo as afirmações do Promotor em relação ao que ele alega ser nepotismo, não há qualquer elemento que afirme que haja violação da Lei, o executivo nomear a esposa ou um sobrinho para exercer um cargo de confiança. Porém, o promotor insiste em querer se aparecer perante os holofotes ou querendo mudar a Lei Federal.

Diante de tais declarações do Promotor, ele se esquece que o povão de Itabuna e os servidores Municipais, estão satisfeitíssimos com o trabalho realizado tanto pelo Secretário Dinailson Oliveira, e também com o da Secretária de Assistência Social Sandra Neilma. São os dois Secretários que mais se destacam dentro do governo, não tirando os méritos dos demais.

Mesmo em meio à crise financeira que o País vem sofrendo e a mesma atingiu todos os municípios nas arrecadações, o Sindicato dos Servidores abraçaram e aplaudem o trabalho exercido pelo Secretário de Administração Dinailson Oliveira. Os mesmo se posicionam fazer uma manifestação em favor do Secretário caso o Promotor insista em querer se aparecer. 

O procurador do município Luiz Guarnieri emitiu uma nota esclarecedora para que o Promotor possa entender um pouco do que é nepotismo.

Em contato com o procurador jurídico da prefeitura, Luiz Guarnieri, foi encaminhado algumas ponderações ao Ministério Público:

“Inclusive a decisão de arquivamento desse assunto pela procuradoria de justiça em Salvador que, expressamente entendeu que as nomeações são legais e se adequam o teor da sumula vinculantes número 13 do STF”, comentou o procurador.

Questionado sobre a lei municipal de 1997, o procurador comentou:

“A lei não trata de agentes políticos, apenas de comissionados. Além disso, a sumula vinculante é de 2008, portanto, posterior a qualquer outro entendimento municipal, definido e vinculando o exato teor e alcance da constituição”. (Finalizou o Procurador)

É lamentável o desgaste que nossa cidade vem sofrendo, quando surge um Prefeito que quer organizar a mesma, tentando tirar do buraco em que pegou a cidade eis que surge um Promotor querendo atrapalhar o desenvolvimento do município. Já não basta a mídia sensacionalista, que a todo custo tenta emitir notas mentirosas na tentativa de jogar a população contra a gestão. Com muito respeito que eu tenho pelo Promotor, mas o senhor pisou feio na bola, aliás, deu uma bola fora nessas suas declarações. Outro dia o senhor falou que a Imprensa de Itabuna é jabazeira, e, eu concordei com sua opinião, mas dessa vez o senhor está completamente equivocado.

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.