PREFEITO FERNANDO GOMES DISCUTE CONVÊNIOS COM REPRESENTANTES DA CAIXA

O prefeito de Itabuna Fernando Gomes recebeu em audiência na última segunda-feira (27), no Centro Administrativo Firmino Alves, representantes da Superintendência Regional de Negócios da Caixa Econômica Federal (CEF), que atenderam ao convite feito pelo prefeito com o objetivo discutir a retomada dos convênios do Governo Federal com o município de Itabuna, operacionalizado pela CEF, bem como avaliar os projetos que estão parados, viabilizando a retomada das intervenções previstas nos projetos.

Segundo o Prefeito, a sua gestão identificou que existem obras que há muito tempo estão paradas, como é o caso da passarela sobre o Rio Cachoeira, onde a gestão passada não tomou nenhuma providencia quanto à execução. Para Fernando, o município não pode abrir mão de executar os contratos com Caixa, visto que é preciso realizar intervenções importantes na cidade. Entretanto, o prefeito afirma que as obras com defeitos não serão prosseguidas pela atual administração e irão passar por uma análise quanto a seus problemas estruturais. “O que está correto vamos continuar, e o que for errado vamos cancelar”, conclui.

O superintendente da Caixa Econômica Federal, Marcus Vinicius, avaliou positivamente a reunião. Segundo ele, esta proximidade com a Prefeitura Municipal de Itabuna, na administração do prefeito Fernando Gomes, é benéfica tanto para a CEF, quanto para o município. O superintendente ressalta que, além de debater as situações dos contratos, o encontro viabilizará dar celeridade às ações e não parar as obras em andamento que são importantes na geração de emprego e renda para a cidade. “Após esta reunião, vamos analisar contrato a contrato, verificar os pontos pendentes de engenheira, de formalização de contratos e de contratação de licitação”, informa o superintendente.


Para o Gerente Regional da CEF, Alberto Catarino Neto, a reunião foi extremamente satisfatória para a Caixa e o para o município. Segundo Alberto, esse encontro se configura num importante ponto de controle com a prefeitura. Para ele, desse modo é possível dar sequência aos contratos que foram assinados entre o município e a CEF, dando andamento as obras e desenvolvendo ações para transformar a cidade.

Nenhum comentário: