PREFEITO FERNANDO GOMES QUER UPA 24 HORAS FUNCIONANDO JÁ EM ABRIL

O prefeito Fernando Gomes voltou a afirmar que tem pressa em entregar à população um dos mais importantes equipamentos para o acesso à saúde pública em Itabuna: a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas) do bairro Monte Cristo que, como lembrou, já deveria está funcionando desde o ano 2014. A previsão é de que seja inaugurada em abril.
Foi o que ele adiantou durante uma nova visita no local, na manhã desta sexta. Acompanhado do secretário Municipal de Saúde, Victor Lavinsky, o prefeito disse que é um absurdo uma obra importante como aquela está parada e a comunidade sofrendo por falta de mais opções para atendimento médico.

A unidade está com as obras de estrutura física 100% concluídas, faltando apenas instalação elétrica, assentamento de portas que foram furtadas, além da pintura nas áreas interna e externa.
O secretário de saúde, Victor Lavinsky, informou ao prefeito que a demora para a inauguração depende apenas da chegada e instalação de equipamentos e mobiliário já licitados e da seleção de profissionais de saúde que já começou a ser feita.

Victor Lavinsky adiantou que de acordo com a reestruturação funcional que está sendo feita na Secretaria de Saúde, muitos dos profissionais contratados que foram demitidos em janeiro deverão voltar às suas funções, a exemplo de médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares. Se houver necessidade, haverá novas contratações, conforme assegurou.      

Quando estiver pronta, a UPA 24 horas atenderá mais de 150 pacientes por dia, principalmente as famílias que moram nos bairros São Roque, Santa Inês, Califórnia, Nova Califórnia e Fátima. O funcionamento será ininterrupto e garantirá atendimento intermediário entre as Unidades de Saúde e os hospitais, o que irá desafogar os prontos-socorros. A proposta é ampliar e melhorar o acesso aos serviços de urgência no município. “Nosso povo precisa de assistência médica integral e vamos garantir o que for melhor para todos. Foi para isso que fui eleito”, enfatizou o prefeito.

Construída com recursos do Ministério da Saúde e contrapartida da Prefeitura, a estrutura da UPA é comparada a um mini hospital. A unidade disponibilizará dois consultórios médicos, enfermarias, salas de recepção, de espera e de curativos e demais setores indispensáveis numa unidade hospitalar.  Além de internamentos, a UPA oferecerá serviços rotineiros tais como aferição de pressão arterial, testes de glicemia e atendimento a pacientes com fraturas, cortes e infartos.

Nenhum comentário: