GOVERNO DISCUTE PARCERIA COM A UNIVERSIDADE FEDERAL

O prefeito Fernando Gomes recebeu em audiência no seu gabinete, o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia, Naomar de Almeida Filho; acompanhado da vice-reitora, Joana Guimarães; do pró-reitor Francisco Mesquita e do assessor Oswaldo Barreto. Na agenda o convite para que o prefeito visite o campus Jorge Amado daquela unidade de ensino, em Ferradas e ajude na desapropriação de uma área de 40 hectares para implantação da reitoria, bem como de um centro cultural, com cinema, biblioteca e outros equipamentos.

Ficou definido para a próxima quinta-feira (9), a visita uma área de 40 hectares no semi-anel rodoviário e a área do Parque Ecológico próximo ao Fórum e à Maternidade da Mãe Pobre com 400 mil metros quadrados. Fernando Gomes criticou a implantação de parte do campus da UFSB em Ilhéus, e lamentou que o seu antecessor não tivesse adquirido uma área de 100 hectares em território itabunense, “não tenho nada contra Ilhéus, mas brigo e defendo a minha cidade.” Também lamentou as dificuldades enfrentadas no início do seu governo , “encontramos uma cidade abandonada e com problemas em todas as áreas,” complementou.

O reitor mostrou que a implantação da UFSB vem avançando em Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas, onde estão os três campi, que este ano deverão receber uma dotação de R$ 80 milhões injetados na economia regional. A universidade funciona há três anos e tem o maior orçamento entre as instituições de ensino federais no interior do Brasil, contando com 2,3 mil alunos matriculados.

Nenhum comentário: