UM FACTÓIDE SEM SENTIDO

Ganhou ampla repercussão na imprensa itabunense, o factóide, criado pelo novo governo, de que a gestão anterior estava "escondendo remédios da população que estaria morrendo a míngua.". O fato é tão inusitado, que antes da visita ao local onde "foram encontrados os remédios", grande parte da mídia foi convocada a fazer parte da comitiva. O factóide é tão sem lógica, que os remédios estavam "escondidos" no almoxarifado da Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF), justamente onde devem ser guardados. Ou seja, os remédios não estavam escondidos, porque almoxarifado não é esconderijo é o lugar onde se guarda. É bom que se diga que os remédios estão em perfeito estado de conservação e a utilização deverá ser definida pelos médicos. 

2 comentários:

Anônimo disse...

Isso está cheirando a armação tendenciosa e sensacionalista. Basta o MP averiguar e saber que foi armação desse governo podre e sujo.

Anônimo disse...

ainda vao armar muito pois nada encontraram contra a antiga gestao infelizmente itabuna escolheu mal mas o MPF tem q investigar cade o dr inocencio?