SAÚDE DE ITABUNA MANTÉM ROTINA DE VACINAÇÃO CONTA FEBRE AMARELA

A Secretaria de Saúde de Itabuna mantém na maior parte das Unidades de Saúde, vacinas rotineiras contra vários tipos de doença, inclusive a febre amarela. A imunização é destinada a crianças a partir de nove meses e adultos que ainda não foram imunizados. O atendimento é feito das 7h30min às 17 horas de segunda a sexta-feira, mediante a apresentação do cartão de vacina e um documento de identificação.

A coordenadora do Programa de Vacinação da Vigilância Epidemiológica, enfermeira Camila Brito, disse que a imunização contra a febre amarela para idosos acima dos 60 anos só deve ser feita com recomendação médica. Segundo ela, o Ministério da Saúde também não recomenda vacina contra esse tipo de doença para gestantes ou as que estiverem amamentando.  

Camila Brito adiantou que, embora a Secretaria de Saúde mantenha a imunização contra febre amarela, Itabuna não está na rota da campanha nacional, porque não houve nenhum registrado da doença nos últimos anos no município. 

Ela explicou que a imunização não só contra a febre amarela, mas também contra outros tipos como o HPV e a paralisia infantil, por exemplo, faz parte da rotina normal no calendário de imunização realizada o ano inteiro em Itabuna.  Ressalta, entretanto, que a pessoa que já tomou uma dose da vacina contra a febre amarela, tem um prazo de até 10 anos para receber o reforço. “A partir da segunda dose não há mais necessidade de nenhuma outra, pois a pessoa estará imune contra essa doença para o reto da vida”, assegura.

O secretário de Saúde de Itabuna, Victor Lavinsky, ressaltou a importância da imunização, lembrando que a vacina ainda é uma das formas mais eficazes na prevenção de doenças, não apenas para uma pessoa, mas na vida de toda uma comunidade.  “Além disso, a maior parte das vacinas é gratuita e encontrada o ano inteiro nas Unidades de Saúde de nosso município”.  Diz ainda que além da imunização é importante a família manter o cartão de vacina em dia tanto das crianças quanto dos adultos.  

Nenhum comentário: