NOTA

A população ainda não entendeu essa nota publicada nos sites da cidade. A cidade está passando por uma crise em todos os aspectos. Epidemias, violência e a crise hídrica que vem por aí. Mas o "coroné" quer o carnaval de todo jeito. A população não entende, como pode ter carnaval com ruas esburacadas, Hospital de Base sem remédios e sem médicos, postos de saúde sem remédios nem médicos. Alô Ministério Público, vamos ficar de olho nesse orçamento do carnaval.

Nenhum comentário: