MARIMBETA COMO DIRETORIA GERA INSATISFAÇÃO EM VEREADORES DE ITABUNA

Transformar a Marimbeta numa diretoria da Secretaria de Educação provocou insatisfação em vereadores de Itabuna. Eles entendem que a medida, proposta na reforma administrativa do Executivo, pode levar à extinção da fundação. O relator da reforma, vereador Júnior Brandão (PT), defendeu o fortalecimento institucional da Marimbeta com o enxugamento da folha e transparência.    

Dirigindo-se ao Procurador do Município, Luiz Guarnieri, o vereador Ricardo Xavier (PPS) pediu que o prefeito Fernando Gomes “reavalie a situação da Marimbeta.” Servidores da entidade encabeçam a tese de uma representação interina, formada por efetivos, enquanto a reforma tramita no Legislativo. Eles brigam pela autonomia administrativa e financeira do órgão fundacional.   

Na segunda, 16, a secretária Anorina Lima deve explicar aos vereadores as alterações na 
Marimbeta. Concursados e sindicalistas (Sindserv) manifestaram ao chefe do Legislativo, Chico Reis (PSDB) – presente ao encontro – o temor de que os cargos fiquem sem atribuição se a entidade fechar. A Marimbeta dedica-se a crianças e adolescentes em vulnerabilidade social.

Nenhum comentário: