EMASA PEDE PARA POPULAÇÃO SE PREPARAR

O itabunense já estava se acostumando com água doce e caindo regularmente nas torneiras. As chuvas que caíram nos últimos meses trouxeram esperança de dias melhores. O consumo humano da água da Emasa tinha sido liberado, inclusive, pelo Laboratório Central, em Salvador, mas em menos de dois meses, o sol chegou causticante, prometendo um verão bem intenso. E uma das consequências da estiagem foi a redução imediata do nível de água nos mananciais de captação, responsáveis pelo abastecimento em Itabuna. Por conta disso, o município enfrenta o primeiro racionamento logo no início do ano. O anúncio foi feito esta semana, pelo presidente da Emasa, Jader Guedes. Segundo ele, o intervalo no abastecimento será de oito dias, em alguns lugares, e de 15 nos bairros, onde o fornecimento de água ocorria a cada oito dias

Nenhum comentário: