COMO JUSTIFICAR O EXORBITANTE AUMENTO NO PREÇO DA COLETA DE LIXO?

Fazendo uma busca no Google encontrei:

1 - Lixo é tudo aquilo que já não tem utilidade e é jogado fora. É qualquer material sólido originado em trabalhos domésticos e industriais, e que é eliminado.

2 - Muitos dos resíduos que vão para o lixo podem ser reutilizados através de um processo denominado reciclagem.

3 - Existem resíduos sólidos que não podem ser reciclados por serem considerados perigosos e causadores de doenças.

Politicamente é tudo aquilo na qual já fora reprovado judicialmente por inúmeras vezes, seja pelo TCU, ou pelo TRE local, como também, por todas as pessoas de bem que sonham ininterruptamente com dias melhores. Tais lixos têm-se que ser logo eliminado da vida pública definitivamente. Há quem creia que o lixo poder-se-á ser reciclado, duvido muito, o sistema carcerário brasileiro tem sido um ambiente escolar de nível superior para inescrupulosos. Afinal, os mentores do PCC e Comando Vermelho foram justamente os “intelectóides” da dita chamada esquerda, nos anos 70, presídio da Ilha Grande.

Itabuna botou pra dentro o lixo que nenhuma cidade de nenhum país alfabetizado iria querer, o lixo trouxe consigo demais entulhos, espinhos e abrolhos; de espécie perigosa que causará inúmeras doenças. O câncer da corrupção será a pior delas, aí, num futuro não tão longínquo, em desespero por ver faltar quase tudo de basicalidade para uma sobrevivência minimamente digna, irão clamar pelo Médico-Oncologista que trouxe proposta de cura para esta cidade. Lixo pesa, e pesa no bolso. O crescimento considerável de mais lixo na prefeitura trouxe o aumento, o problema é a coleta que dificilmente será feita. Não por falta de Agentes Coletores da Federal, antes, porém, pelos apadrinhamentos político-judiciais (Rui, Josias, TRE/BA), como também, pela morosidade da justiça, esta faz com que os lixos-existenciais se sintam à vontade para agir livremente.

Nenhum comentário: