VEREADO ELEITO, PODE NÃO ASSUMIR O CARGO POR TER COMETIDO CRIMES POLÍTICOS E ELEITORAIS.

A situação do candidato eleito a Vereador Manoel Farias da Silva (Nel do Bar), está cada vez mais complicada. Somente um milagre ele continuará no mandato após a posse. O advogado de Nel do Bar, deu entrada com pedido de revogação do processo mas a Juíza negou. O documento foi para o MP e seguida devolvido para a Justiça Eleitoral. De acordo com algumas informações, o candidato eleito pode assumir mas em seguida ser afastado do cargo.
Manoel Farias da Silva (Nel do Bar) teve suas contas de campanha reprovadas pela Justiça Eleitoral

De acordo com a Justiça Eleitoral, o candidato realizou despesas excessivas. O vereador eleito foi notificado para apresentar defesa, porém, os documentos e argumentos apresentados no processo não foram suficientes para sanar as irregularidades.

O Ministério Público Eleitoral emitiu parecer pela reprovação das contas de campanha de Nel do Bar. Segundo informações a Juíza acatou parecer do MPE, e reprovou as contas de campanha do vereador eleito. Nel do Bar foi eleito vereador para ocupar uma das 21 cadeiras da Câmara Municipal de Itabuna, após obter 1.098 votos.

OBS: O blog Azulzinho Noticias não tem nada pessoal contra o candidato eleito Nel do Bar, apenas damos a noticia aos eleitores de Nel, a população e aos nossos leitores assíduos. A noticia que estamos dando, já vincula tanto na Justiça como nas rádios de Itabuna. Se os demais blogs não estão publicando assuntos de interesses da sociedade, não é problema nosso, cada um tem seu jeito de trabalhar.

2 comentários:

Anônimo disse...

E a situação de Fernando Gomes é ou era muito mais grave que a de Nel do Bar, e consegue se elege e pelo jeito vai governar, já o pobre do Nel por ser como dizem Canela seca, não terá oportunidade de exercer o mandato, vai entender a cabeça deste povo da justiça!

Anônimo disse...

a justiça é corrupta também isso já foi provado com o deferimento do ficha suja Fernando Cuma...