PERGUNTAR NÃO OFENDE...

O que leva alguns funcionários da Emasa (minoria) ao ponto de ameaçar os Vereadores querendo tanto que a empresa seja entregue de volta ao governo do Estado? Um que leva o advogado do sindicato esbravejar em altos tons no plenário gritando que: "o projeto tinha que ser lido a todo custo nesta quinta-feira"? Porque alguns petistas como o presidente do sindicato Erik Maia, está com tanta sede de entregar a empresa? Todas as manifestações são validas, desde que seja com ordem, deiscência e com educação.

Um comentário:

Anônimo disse...

Capucho Erick Maia é ditetor do Sindae e não presidente, e quanto ao interesse dele é politico.