EX-FUNCIONÁRIOS DA EMASA PODEM ENTRAR NA JUSTIÇA

Funcionários da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa), em Itabuna estão sem receber suas indenizações trabalhistas. Demitidos no fim da gestão do prefeito Claudevane Leite, eles já se preparam para ingressar na justiça do trabalho para receber os seus direitos. Apesar de serem cargos de confiança, segundo a lei eles tinham vínculo empregatício com a empresa, já que possuíam carteira assinada. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Toda gestão é a mesma coisa, entra muitos come feira na EMASA e ainda querem indenização. Até funcionários fantasma aparecem na justiça para reivindicar não sei que direitos. O pior é que a justiça ao invés de cobrar o dinheiro recebido sem trabalho, ainda paga indenização.