CRIME ELEITORAL EM ITABUNA

O Ministério Público poderá pedir o afastamento de alguns Vereadores reeleitos e a não posse de alguns novatos sob suspeita de abuso do poder econômico nas eleições. Segundo informações uma operação está sendo organizada para apurar as farras nas convenções partidárias da eleição municipal de 2016 em Itabuna. O objetivo é cumprir quatro mandados de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva. Dentre os investigados, estão três vereadores reeleitos e três novatos.

A realização das convenções partidárias é obrigatória no processo eleitoral e, segundo a investigação, os encontros eram notificados, mas não aconteciam. De acordo com a promotoria, caso a denúncia seja comprovada, os suspeitos responderão pelo crime de falsidade, compras de votos, e prestações de contas. Os nomes dos supostos envolvidos estão sendo mantidos em sigilo.

Nenhum comentário: