CONDENADO


O TCM condenou o presidente da Câmara de Itabuna, Aldenes Meira, pelas estripulias de 2015. Uma delas foi o gasto absurdo com o concurso, R$ 425.250. 


Intrigante mesmo é ele ser condenado por gastar demais em publicidade, R$ 407.046. Como deu calote em quase toda a mídia local, esse valor deve existir só no papel mesmo. O dinheiro “gasto” deve ter se perdido no caminho... 

Aldenes Meira ainda foi condenado por gastar demais em arquivo digital (R$ 88 mil), buffet (R$ 72 mil), serviços de informática (R$ 62 mil), manutenção das impressoras (R$ 56 mil!) e xérox (R$ 28 mil!). Se é que gastou mesmo. 

As contas da Câmara de Itabuna de 2015 foram rejeitadas de cabo a rabo. Foram mais de R$ 2 milhões de despesas excessivas. Tem de realização de concurso a manutenção de impressora. Não tem cadeado que feche essas contas. 

É o caixa de campanha florescendo. Se em 2015 foi essa farra de despesas, o que será de 2016, ano de campanha de reeleição, com tantos cabos eleitorais para pagar, carro de som, compra de votos, etc? Nem cimento tapará o rombo. (A região)

5 comentários:

Anônimo disse...

Viva o Brasilllllllllllll!
O elemento rouba na cara lisa..
e continua sendo vereador..
mas provas do que essa ..
chega mim dar nojo..

Anônimo disse...

Alô Ministério Publico!
Esse malandro vai continuar deitando e rolando da nossa cara?
Quem vai pagar esse rombo?

Anônimo disse...

Se com isso o ministerio publico nao fizer nada.sinceramente nao tem lei em itabuna

Anônimo disse...

outro dia tinha uma foto dele aí no seu "brog" tipo porta retrato ma mesinha de cabeceira. O que é a vida né moço

Anônimo disse...

O povo rouba e ainda tem muita gente e põe gente nisso que o elege como prefeito, apesar de todo histórico conhecido e parece que ainda estão sobre efeito de alguma substâncias psíquica,pois dizem que ele, o prefeito eleito, vai acabar com facções, melhorar a saúde, a vida do povo... Só se for do povo dele.