NOTA

Segundo informações, o Ministério Público poderá pedir o afastamento dos vereadores flagrado na compra de votos, mesmo estando diplomados e mesmo eles assumindo o cargo no dia 01/01/2017

Nenhum comentário: