JUSTIÇA DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DO ‘MAIOR SONEGADOR FISCAL’ DA BAHIA

A Justiça decretou, na manhã desta terça-feira (22), a prisão preventiva do empresário Marcos Augusto da Silva Rocha. A detenção foi solicitada pelo Ministério Público do Estado (MP-BA), que apontou o executivo como “o maior sonegador fiscal” da Bahia. Investigações de órgãos que integram o Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira) teriam apontado que o esquema criminoso liderado pelo empresário causou um prejuízo de R$ 473 milhões ao fisco baiano. No pedido de prisão, os promotores de Cláudio Jenner, Semiana Cardoso, Luís Alberto Vasconcelos, Vanezza Bastos e Renata Bandeira destacaram que o empresário “é o maior articulador do esquema de sonegação e outras fraudes fiscais aplicadas na comercialização e distribuição de etanol combustível na Bahia”. Ele foi alvo da “Operação Etanol II”, deflagrada em outubro pela força-tarefa formada pelo MP-BA, Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) e Secretaria de Segurança Pública (SSP). Durante o desenvolvimento da operação, a Polícia Civil baiana prendeu o empresário Marcos Rocha a pedido da Justiça de Pernambuco, onde ele também é acusado dos mesmos crimes. Agora, o empresário, que também é acusado de cometer crimes contra o fisco de Minas Gerais, deverá ser transferido para a Bahia. (Bahia Noticias)

Nenhum comentário: