VANE QUER LUCRAR COM DESEMPREGADOS


Vane traiu todos que acreditaram em sua promessa de acabar
com a mesmice e transformar Itabuna numa cidade melhor!
Tenho ouvido bastante de servidores públicos, que a prefeitura de Itabuna está abarrotada de contratados e comissionados, que foram beneficiados pelo aparelhamento partidário no governo do prefeito Claudevane Leite. São poucos espaços para tanta gente e considerável contingente está sempre ocioso e sem nenhuma serventia aos serviços públicos. Mesmo assim, o alcaide fez publicar no Diário Oficial do Município, da última quinta-feira/24, Concurso Público visando a contratação de 617 cargos efetivos do quadro de servidores da Prefeitura de Itabuna.

As inscrições já estão abertas e vão até o dia 17 de abril. Embora o concurso seja público, suas inscrições são privadas e caras. Os valores das taxas são os seguintes: R$ 50,00 para os cargos de Ensino Fundamental; R$ 80,00 para os de Ensino Médio e Técnico; e R$ 100,00 para os de Ensino Superior. O resultado final do concurso está previsto para ser divulgado até o dia 23 de junho. E esta data é próxima do início das realizações de convenções, que definirão as homologações de candidaturas a prefeito e vereadores em Itabuna. Não há impedimento legal, para a realização de concursos públicos durante o período eleitoral; eles podem ser realizados a qualquer tempo, antes e depois das eleições, conforme entendimento do Tribunal Superior Eleitoral. Mas há que se ter fiscalização rigorosa, para que eles não sejam usados para beneficiar candidatos, que prometem interferências para aprovar, ou desaprovar inscritos.

O que parece haver neste concurso, são objetivos suspeitos, pois a prefeitura possui mais de seis mil servidores, quando o Município de Vitória da Conquista, com mais de 350 mil habitantes e mais de 60 distritos, tem menos de 4 mil barnabés e o prefeito tem feito e desfeito tudo para arrecadar dinheiro. Está sendo previsto que este concurso da Prefeitura de Itabuna, deverá ter inscrições que resultarão em mais de 10 milhões de reais arrecadados, que são recursos dobrados, segundo informações do próprio prefeito, para os custos de uma campanha eleitoral majoritária. CÂMARA LUCROU COM CONCURSO - Se a pretensão do prefeito evangélico é fazer a prefeitura ter mais dinheiro, essa estratégia é diabólica, mas teve ótimos resultados quando foi explorado pela Câmara Municipal de Itabuna, no início do ano passado. A Câmara realizou seu Concurso Público com finalidade de preencher apenas 45 vagas imediatas em diversos cargos, com taxa que custou entre R$ 50 e R$ 100 e mais de 8 mil pessoas foram inscritas. Uma fortuna oriunda de desafortunados! Mas a pergunta que não cala é que destino foi dado ao dinheiro arrecadado com o concurso público. O povo quer saber...(Val Cabral)

Nenhum comentário: