ANALIZES DE FATOS

E Judas retirou-se e foi-se enforcar.
Mateus 27:5
Disse, pois, Jesus: Vai, e faze da mesma maneira.
Lucas 10:37
 Disse, pois, Jesus: O que fazes, faze-o depressa.

Estes trechos são da Bíblia Sagrada, se, pois, com a Bíblia eu posso usar fragmentos e criar uma geração de suicidas, como fez Jim Jones - líder de seita estadunidense e fundador da igreja Templo dos Povos (Peoples Temple), mentor do suicídio em massa da comunidade de Jonestown, na Guiana, em 18 de novembro de 1978, com o resultado de 918 mortes, em sua maioria por envenenamento – Imaginem o que não posso fazer com a Constituição...


Vejo o PT a todo o momento tentando burlar a lei. Vede: O juiz Moro pediu o cancelamento das escutas telefônicas, o ato em si não ter-se-á validade ainda na emissão, se assim o fora, o individuo sentenciado com a prisão, dever-se-ia se algemar dentro da própria casa antes da chegada dos agentes, este só terá validade com o recebimento, portanto, se neste percurso gravou algo a mais, a validade está garantida.

Em 2012 durante a greve da PM na Bahia, Jaques Wagner, junto com a presidAnta, mandou grampear todos os números telefônicos dos líderes do movimento, inclusive o meu, e isso, sem autorização judicial – depois, pegou uma das falas e usou em todos os telejornais a nível nacional. Prejudicando a Davi Salomão, pois até a sua OAB foi cassada. Até hoje nenhum magistrado baiano assumiu ter autorizado. Por isso aquela tentativa de golpe querendo levar um capacho da Bahia para assumir o cargo de ministro da “justiça”. Aqui a coisa corria conforme ditava o coronelismo petista. Agora a coisa é a nível de Brasil.

Fernando Collor mesmo tendo renunciado, os petistas fizeram pressão para impor-lhe o impeachment, para deixá-lo inelegível por 8 anos. Continua a mesma Constituição, porém, a tentativa de burlá-la, querendo dar um tom de legalidade nos atos, é que não são compreensíveis, nem Inteligíveis, estão querendo zombar da inteligência alheia.

O fato histórico sobre o qual os intelectuais de esquerda mentem e escondem é que: os comunistas (Stálin, Lênin, Trótski, Mao Tse-tung, Pol Pot e caterva) mataram mais do que Hitler e em nome das mesmas coisas que nossos intelectuais/políticos radicais de esquerda hoje pregam. Vejamos um trecho de como estes agem:

"(...) um novo interrogador, um que eu não tinha visto antes, descia a alameda das árvores segurando uma faca longa e afiada. Eu não conseguia ouvir suas palavras, mas ele falava com uma mulher grávida e ela respondia pra ele. O que aconteceu em seguida me dá náuseas só em pensar. (...): Ele tira as roupas dela, abre seu estômago, e arranca o bebê. Eu fugi, mas era impossível escapar do som de sua agonia, os gritos que lentamente deram lugar a gemidos e depois caíram no piedoso silêncio da morte. O assassino passou por mim calmamente segurando o feto pelo pescoço. Quando ele chegou à prisão, (...), amarrou um cordão ao redor do feto e o pendurou junto com outros, que estavam secos e negros e encolhidos."

Este trecho é citado pelo psiquiatra inglês Theodore Dalrymple em seu livro "Anything Goes - The Death of Honesty", Londres, Monday Books, 2011. Trata-se de um relato contido na coletânea organizada pelo "scholar" Paul Hollander, "From Gulag to the Killing Fields", que trata dos massacres cometidos pela esquerda na União Soviética, Leste Europeu, China, Vietnã, Camboja (este relato citado está na parte dedicada a este país), Cuba e Etiópia.


O símbolo do Nazismo se tornou crime, já o do comunismo..., com a toda a sua forma de enganação, eis o resultado de tudo na qual eles põem a mão, miséria e corrupção, inflação, enganação... e um monte de bobão, bestalhados de plantão. Sei não!

Fabrício Ribeiro

Nenhum comentário: