CÂMARA ITABUNENSE APROVA 1º PROJETO DA NOVA LEGISLATURA

Primeiro projeto de lei da Legislatura 2017-2020 votado em período ordinário na Câmara de Itabuna, a proposta de Charliane Sousa (PTB) reconhece a Associação Floresceu como instituição de utilidade pública. “Assim que sancionada, a lei abre portas para captação de recursos públicos e legitima a entidade para pleitear verbas do Orçamento municipal”, destacou a vereadora.

Para a presidente da associação, Selma Cristina Santos, que presenciou a aprovação unânime do título em Plenário, o reconhecimento do Legislativo itabunense dará mais credibilidade junto à sociedade. “Queremos desenvolver e ampliar nossa atuação. Nossa meta é ter 200 atendidos”, ressaltou Selma. Atualmente são 110 beneficiados, crianças em sua maioria.

A Associação Floresceu Semeando com Você (AFSV), fundada em 2011, atua no bairro Daniel Gomes oferecendo oficinas socioeducativas para crianças, adolescentes e jovens, oriundos de 80 famílias. Selma pontua que os funcionários trabalham voluntariamente para a instituição. “Nossos maiores gastos são com alimentação e materiais didáticos para as oficinas”. (Ascom Câmara)

OPERAÇÃO TAPA-BURACOS AVANÇA PELOS BAIRROS DE ITABUNA

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) da Prefeitura Municipal de Itabuna continua com a operação tapa-buracos em vários bairros da cidade. A ação que vem beneficiando moradores de diversos bairros da cidade, na quarta-feira e nesta quinta-feira (22 e 23) foi realizada no bairro Santo Antônio, recuperando o asfalto das ruas São Benedito, Julia Oliveira e Catarina Alves.  As atividades prosseguem nesta sexta-feira (24), na Rua Clovis Santos e Avenida José Monstans, com serviços de recapeamento para eliminar os buracos daquela localidade.
O secretário interino da Sedur, Dinailson Oliveira, informou que está implantando mais três equipes de trabalho, de modo a intensificar e qualificar o programa de recuperação asfáltica. Segundo Oliveira, a operação conta com uma equipe de 15 pessoas e o prefeito Fernando Gomes determinou que Secretaria montasse mais duas equipes. Dinailson afirmou que viabilizar uma solução em breve espaço de tempo para a situação dos buracos nas vias públicas do município de Itabuna.

A dona de casa Lucia dos Santos, moradora da Rua Márquez de Pombal, no bairro Santo Antônio, disse que a situação dos buracos na rua estava insuportável. Segundo Lucia dos Santos, durante o tempo chuvoso a lama incomodava moradores e pedestres que transitam naquela rua. O secretário Dinailson Oliveira reafirmou o compromisso da gestão municipal em melhorar as condições das vias urbanas de Itabuna e afirmou que o trabalho da operação tapa buracos vai continuar em vários bairros da cidade de Itabuna.

SECRETÁRIA DE SAÚDE INICIA FORÇA TAREFA PARA LIMPEZA E CAPINAÇÃO NAS UBS ITABUNA

A recém-empossada secretária de Saúde de Itabuna, Lísias Miranda, ao começar o dia de trabalho na manhã desta quinta-feira, visitou uma das unidades básicas de saúde, a José Maria de Magalhães Neto, no antigo Sesp, onde anunciou um grande faxinaço para a remoção de móveis e equipamentos quebrados e em desuso. O material que forma um grande lixão ocupa salas internas e áreas externas da unidade de saúde, do centro da cidade e que é uma das maiores referências em saúde pública no município.
A força tarefa que inclui ainda capinação e retirada de lixos e entulhos, que vem se acumulando ao longo do tempo ao redor do prédio, será iniciada a partir de hoje pela UBS José Maria de Magalhães e se estenderá às outras 32 unidades de saúde. “É difícil se prestar um bom serviço à população se os próprios servidores da saúde trabalham em situação precária, sem condições mínimas de higiene e de segurança, como a que encontramos nessa unidade de saúde”, desabafou a secretária.

Com parte do muro destruída pela ação de vândalos, a área externa da UBS José Maria de Magalhães tem servido de depósito de lixo, de sanitário público e de abrigo para moradores de rua e de dependentes químicos.  O local com cheiro insuportável guarda marcas de material normalmente usados pelos dependentes de drogas.     

Ainda nessa primeira visita, Lísias foi acompanhada pela diretora da Atenção Básica, Alessandra Lopes e o presidente do Conselho Municipal de Saúde(CMS), Josivaldo Gonçalves, e garantiu resolver como prioridade outro grande motivo de queixas tanto por parte dos usuários do Sistema Único de Saúde, quanto dos funcionários da UBSs e USs: a falta de profissionais técnicos e principalmente de serviços gerais em todas as unidades de saúde.

Reestruturação da Atenção Básica
“Temos um trabalho desafiador pela frente, que é o de devolver à população um serviço de saúde mais humano e de qualidade, a partir da reestruturação da Atenção Básica como prioridade número um. Mas ninguém faz nada sozinho, por isso espero contar com o apoio de todos os profissionais técnicos ou não, da Secretaria de Saúde para que juntos, possamos transformar essa cruel realidade em uma referência em saúde pública em Itabuna”.

O presidente do CMS, Josivaldo Gonçalves, também criticou a situação em que se encontram todos os espaços onde funcionam as UBSs e USFs e afirmou que está esperançoso com o futuro da saúde pública em Itabuna. “A nova secretária de Saúde se mostrou decidida em melhorar essa situação pelo bem da comunidade. Ela terá todo o nosso apoio para o que depender do conselho, trabalharmos por uma cidade melhor para todos”.

A enfermeira e administradora da UBS José Maria de Magalhães, Amora Rios, também diz está muito confiante e acredita que as ações irão acontecer a partir de agora. “Torcemos para que as condições de trabalho melhorem para termos ainda mais motivação no trabalho e no serviços que prestamos à nossa comunidade”.

Perfil
Lísias São Mateus Miranda nasceu em Itapetinga e é filha do ex-secretário de Planejamento São Matheus e da ex-vereadora Leda Miranda, na gestão do ex-prefeito de Itapetinga, Zé Carlos. Ela tem no currículo, além da formação profissional como enfermeira com larga experiência na área e assumiu a diretoria de Planejamento da Secretaria de Saúde de Itabuna na atual gestão.

Mas do que isso, afirma ter determinação, disposição e vontade de trabalhar, além de ousadia e garra para enfrentar e vencer os desafios que encontra diante de si. 

PARCERIA VAI VIABILIZAR O PROJETO DA PRAÇA DO CACAU EM ITABUNA

Como parte dos projetos de parceria institucional propostos pelo prefeito Fernando Gomes para as diversas áreas de governo, o secretário de Administração, Dinailson Oliveira, sinaliza de forma positiva para o projeto de criação da Praça do Cacau, que vai ocupar um espaço na avenida Firmino Alves na área central de Itabuna. O projeto envolve no primeiro estágio equipes de urbanistas da prefeitura e das unidades de Parques e Jardins da Secretaria de Administração; além da Ceplac, Biofábrica de Cacau e da empresa Módulo Rural.

Segundo Dinailson Oliveira, o projeto visa valorizar a produção do cacau e dos seus derivados resgatando uma tradição do Sul da Bahia. O projeto leva em conta a importância histórica, econômica e cultural do cacau em Itabuna e na região, com o objetivo de criar um espaço para que turistas e pessoas da comunidade conheçam o cacau, o cacaueiro e os produtos derivados como o mel, geleia, chocolate orgânicos ou não.

Ele destaca a colaboração de João Rocha, que também participa do projeto a ser iniciado com o plantio de mudas de cacau resistentes e de alta produtividade. O espaço, que vai funcionar como um ponto turístico terá ainda uma loja de produtos ligados à cacauicultura e uma pequena barcaça que servirá como área de demonstração sobre a fermentação e secagem do cacau servindo de atrativo para turistas que visitam a cidade e estudantes interessados em informações sobre a cacauicultura.

ABASTECIMENTO DE ÁGUA: BARRAGEM DO COLÔNIA CONTINUA EM RITMO ACELERADO

A barragem do Rio Colônia, que está sendo executada pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs) e Embasa, através do Consórcio Rio Colônia, com recursos do Governo da Bahia e do Governo Federal, está com 75% das obras de estrutura concluídas. A obra tem um custo de R$ 108 milhões e é considerada essencial para garantir o abastecimento de água para os mais de 220 habitantes de Itabuna, principal centro urbano do sul da Bahia, e proporcionar a atração de novos empreendimentos na área industrial e comercial.
O andamento do projeto tem sido acompanhado pelo prefeito Fernando Gomes, que esteve recentemente visitando o canteiro de obras em Itapé. A barragem terá um reservatório de 63 milhões de metros cúbicos, com uma área alagada de 1.322 hectares, uma altura de 21,4 metros, e um volume de 35 mil metros cúbicos de concreto, formando um espelho d’água de 25 quilômetros quadrados.
                                              
Abastecimento
Além de permitir normalizar o abastecimento de água numa região que nos últimos dois anos enfrentou racionamento por conta de uma estiagem prolongada, a obra vai contribuir para a perenização do Rio Cachoeira, que corta Itabuna e tem sua foz em Ilhéus, permitindo o controle da vazão em períodos de seca e de chuvas torrenciais, o que atenuaria o risco de racionamento nos períodos críticos.

A IMPRENSA PARCIAL

Não é novidade que a imprensa Itabunense depois que perderam a boquinha e a eleição, se tornassem parcial com uma forte tendência anti-FG. Nesses três meses de governo, os principais meios de comunicações deixaram claro, em seus editoriais, e suas falas seu posicionamento contra a gestão ou favorável ao fracasso do governo.

Nos primeiros três meses deste ano, as duas rádios AM principalmente a do Jardim do Ó, declarou guerra e mostrou que não vão parar até o acerto acontecer.

Também não é novidade que a mídia itabunense é um é uma vergonha (não generalizando), se o candidato dos sonhos não ganhar vamos atacar, na verdade a “mídia” não está preocupada com o progresso e o avanço de uma gestão, estão preocupados com os tropeços e os desacertos.

O problema não é o posicionamento anti-gestão – mas o impacto que esse posicionamento tem na cobertura noticiosa dos fatos.

“A grande mídia itabunense tem uma atitude anti-gestão que vem de longas datas. É uma imprensa onde uns querem ser mais que outros, uns se intitulam de comunicólogos, mas se posicionam especialmente contra a gestão que não lhes dar aquele agrado em valores. E vai ser assim em todas gestões. Não me incomodo com posicionamento sobre o que “os colegas” vão achar da minha opinião, o que me incomoda é a desonestidade da cobertura dos fatos e como a notícia deve ser vinculada, pois falta equilíbrio e pluralidade”. Hoje os blogs publicaram uma carta enviada pelo ex-secretário de saúde, o que me chamou atenção foi alguns blogs que publicaram antes, que os funcionários da saúde estavam insatisfeitos com o ex-secretário, e hoje os mesmos endeusaram a atitude de um fracassado que na verdade não disse pra que veio.

Outro exemplo citado são as omissões – ou seja, o que o jornal escolhe publicar e, consequentemente, não publicar. Um dos exemplos é o silêncio diante dos acertos da gestão. “Não é exagero dizer que a imprensa itabunense alguns são manipuladores”. Tem uma explicação pra isso: são termos meramente pejorativos, que visam desclassificar o “outro lado”. Curiosa é também a posição de alguns jornalistas sobre a imprensa. Não a criticam, o que seria saudável (e é a função, a propósito, deste Observatório); mas a rejeitam como um todo e a condenam algumas falhas dos próprios colegas.

Segundo informações, porque esses mesmos jornalistas, quando ocupavam cargos de relevo nas gestões passadas – que eram iguaizinhas ao que são hoje, com os mesmos problemas, as mesmas virtudes, os mesmos vícios, os mesmos erros e os mesmos acertos – não as criticavam, e eram capazes de tudo para defendê-las.

Exerciam cargos de confiança eram diretores de Redação, eram editores, eram apresentadores, eram repórteres especiais, eram correspondentes. E amavam o Grande Patrão, fosse quem fosse. Assim que saíram, levaram consigo todas as virtudes da gestão; e os veículos de comunicação, instantaneamente, perderam todas as qualidades que tiveram.

Nossos meios de comunicação têm, sem dúvida, uma série de defeitos – inclusive a prepotência, que os leva muitas vezes a insistir num erro, só para não admitir que houve erro; inclusive a falta de memória, que os impede de avaliar até mesmo sua história recente; inclusive o espírito de manada, que faz com que todos corram atrás dos mesmos fatos, desprezando acontecimentos interessantes pelo simples fato de que os concorrentes também os desprezaram. Mas são coisas que devem ser corrigidas, sem que se tente matar a imprensa.

E, claro, a urbanidade deve ser recuperada. Notas com termos como "rato”, "esgoto”, "canalha”, "pilantra”, "bandido”, coisas desse tipo, não esclarecem rigorosamente nada. E como ensinou um dos maiores polemistas brasileiros, Carlos Lacerda, "é possível nocautear o adversário chamando-o de "Vossa Excelência” e evitando cuidadosamente palavras insultuosas". Não se pode dizer que os meios de comunicação deixem a cautela de lado na preparação das notícias.

Quanto à imprensa escrita, mesmo que permitida, deveria ser moderada a parcialidade, mas infelizmente, não é essa a realidade. Cabe a nós analisarmos bem a proposta de todos, e buscarmos várias fontes de notícias, não nos deixando influenciar por interesses de algumas emissoras, jornais, ou blogs.

RECADINHO....

As vezes o assunto já está quase enterrado, esquecido, e uma matéria poderá trazer os nomes dos envolvidos nos cheques sem fundos com riquezas e detalhes. A população vai ficar sabendo de tudo… É só continuar com essa história de Moção de Repudio.


PLENÁRIO PROVISÓRIO

Enquanto isso, as sessões plenárias seguem ocorrendo provisoriamente na Sala de Comissões técnicas. Nesta quarta-feira, 22, por exemplo, dois projetos (um de lei, outro de resolução) devem ser votados pelos vereadores. A concessão de título para a Associação Floresceu (2ª votação) e a inserção do Dia da Imprensa no Regimento Interno da Casa (votação única).

VEREADOR DISSE QUE FOI ELEITO PELA MANGABINHA E SUMIU

“Passa, tempo, tic-tac / Tic-tac, passa, hora / Chega logo, tic-tac / Tic-tac, e vai-te embora / Passa, tempo / Bem depressa / Não atrasa / Não demora”. Esse tic-tac passa na cabeça do Vereador que diz que trabalha pela Mangabinha. Vai ser difícil Itabuna se livrar de políticos ‘miguezeiros’. O povo se ilude facinho, facinho… E como tem um monte de espertinhos querendo se aparecer. Nenhum Vereador, sobrevive de factoides, releases fantasiosos, arrogância e prepotência. Não se pode enganar a todos, durante todo tempo…Vereadores fracos e manipuláveis. Tem prazo de validade curto. Prestem atenção !!! Como tem Vereador RETRÓGRADO!!! (Nem todos).

PELO AMOR DE NOSSA SENHORA DOS BAIRROS

               Rosemberg Evangelista Pinto
O que este Deputado, além de Josias Gomes, Sandro Regis, Marcio Marinho, José de Arimateia, Pedro Tavares, dentre outros copa do mundo já fizeram por Itabuna? Absolutamente nada. Preparem-se, eles vem aí com muita fome de votos...